Em formação

Cão de guarda ou cão de guarda? Compreendendo a diferença


Adrienne é treinadora de cães certificada, consultora de comportamento, ex-assistente veterinária e autora de "Brain Training for Dogs".

Cães de guarda vs. cães de guarda: eles não são a mesma coisa!

Parece haver muita confusão atualmente sobre as diferenças entre cães de guarda e cães de guarda. Esses termos são freqüentemente usados ​​de forma intercambiável, como se ambos descrevessem a mesma coisa, mas esse não é o caso.

É correto rotular um Yorkshire terrier como um cão de guarda, não importa o quão feroz ele seja quando os visitantes chegam? Os cães semelhantes a mastins são categorizados como cães de guarda ou cães de guarda? O que torna um cão um bom ou mau guardião? Quais características pertencem a cada categoria? Este artigo ajudará a distinguir a diferença entre esses dois termos.

Quer esteja à procura de um cão que soe o alarme sempre que um intruso passar por sua casa ou um que leve o problema mais a sério, terá de realizar uma boa pesquisa para conseguir o que pretende. Antes de investir em uma raça de cachorro, veja o que aquela raça foi originalmente criada para fazer, faça perguntas ao criador e tenha outras características em consideração.

Considere também que, mesmo entre as raças, os cães têm personalidades individuais. Certa vez, uma de minhas clientes comprou um cachorro de uma raça bem conhecida por suas qualidades de cão de guarda, mas ela acabou descobrindo que seus patos tinham muito mais qualidades de "cão de guarda" do que seu cachorro!

Observação: Este artigo não substitui o treinamento profissional de cães de guarda.

Cão de guarda versus cão de guarda: as principais diferenças

Cão de guarda ou cão de guarda, quem faz o trabalho melhor? A verdade é que ambos fazem, mas cada um tem sua especialidade. Usar o termo de forma intercambiável é como comparar maçãs com laranjas. É quase como dizer que um porteiro ou recepcionista faz o mesmo trabalho que um segurança. Ainda assim, o trabalho do porteiro se limita a rastrear visitantes, fornecer serviço de cortesia e aceitar entregas e, acima de tudo, ele provavelmente não está armado. O segurança, por outro lado, pode ter um papel mais proeminente, pode estar armado e pode até ter a capacidade de prender. Então, vamos ver o que diferencia ser um cão de guarda ou um cão de guarda.

O que é um Watchdog?

São cães cuja função principal é estar vigilantes e soar o alarme para qualquer coisa considerada incomum. Um bom cão de guarda deve discriminar o que é percebido como normal e incomum. A hipervigilância não é uma boa característica neste caso, pois o cão pode reagir excessivamente a coisas que não são realmente relevantes para o dono. Freqüentemente, o comportamento hipervigilante é baseado no medo e pode ser observado em cães que não foram socializados o suficiente.

A principal característica de um cão de guarda é a capacidade de latir alto. Nesse caso, o tamanho realmente não importa; na verdade, algumas das raças menores costumam ser alguns dos melhores cães de guarda. Muitos terriers, chihuahuas, poodles maiores, dachshunds e shi tzus são raças excitáveis ​​que têm o potencial de dar bons cães de guarda.

Que raças não dão bons cães de guarda?

Sim, existem muitas raças que dão péssimos cães de guarda. Estes são os cães com maior probabilidade de convidar um ladrão para comer pipoca e ver um filme. O husky siberiano, o malamute do Alasca e o pug palhaço vêm à mente. Muitos dos cães também estão ansiosos para conhecer e cumprimentar os recém-chegados em sua propriedade, porque eles têm um forte impulso de manada. Geralmente, o Bloodhound, Newfoundland e Saint Bernard também têm a reputação de serem ansiosos para cumprimentar as pessoas, mas os dois últimos podem parecer bastante intimidadores devido ao seu tamanho quando estão ansiosos para pular e dizer olá!

O que é um cão de guarda?

Esses cães latem alto também, mas também são capazes de atacar e conter pessoas ou outros animais. Eles podem latir inicialmente e se o latido não funcionar para afastar o intruso, eles podem agir e passar para o plano B. Um exemplo típico é o cachorro do ferro-velho deixado para patrulhar a área durante a noite e capaz de incapacitar os intrusos.

Existem dois tipos principais de cães de guarda: os mastins de pêlo curto / raças semelhantes e os cães de guarda de gado peludo, que, como o nome indica, foram seletivamente criados para atacar predadores afastados do gado, incluindo animais grandes como lobos. São espécimes grandes e fortes, às vezes pesando cerca de 100 a 200 libras.

Quais raças de cães são bons guardiões?

O Doberman, Rottweiler, Pastor Alemão, Bulldog Americano, Bouvier, Cão Suíço da Montanha e Schnauzer Gigante são todos excelentes guardiões. Muitos desses cães foram criados como cães versáteis e versáteis que se encaixam bem no papel de guardião.

Algumas raças, por outro lado, foram originalmente criadas para a caça, mas seus olhares intimidadores e instintos para proteger a propriedade os tornavam bons candidatos a guardiões. Os exemplos incluem o Akita, o Weimaraner e o Rhodesian Ridgeback.

Outras raças sérias de guardiões incluem o pastor da Anatólia, o Kangal, o Akbash, o Mastim tibetano, o Kuvasz, o pastor da Ásia Central, o Komondor e o pastor caucasiano. E não esqueçamos do indiferente Fila Brasileiro, Dogo Argentino, Tosa Inu e Canário.

Quais são as características dos bons cães de guarda?

Em geral, a aparência física desempenha um grande papel. O tamanho parece importar quando se trata de qualidades dissuasivas, assim como a reputação da raça. Por exemplo, um estudo revelou que os ladrões consideravam os cães escuros os mais perigosos. Os donos de cães às vezes também cortam as orelhas de seus cães na tentativa de torná-los mais intimidadores.

Os cães de guarda podem ter estilos diferentes de guardião. Alguns latirão inicialmente, outros podem imobilizar silenciosamente o intruso. Por exemplo, os rottweilers são conhecidos por ter uma atitude de "esperar para ver" e só reagem quando julgam necessário. Mastiffs podem pular em ladrões e ficar parados lá até que o dono diga o contrário.

Uma palavra de cautela sobre cães de guarda

Muitos cães de guarda protegem instintivamente o seu território, mas a maioria requer um treinamento especial para ajudá-los a distinguir entre amigos e inimigos. Nunca é demais enfatizar a importância de ter um profissional de boa reputação para treinar seu cão para proteger sua propriedade. Os riscos de treinar um cão de guarda sozinho são altos demais para sequer tentar.

Os cães de guarda não são seguros para proprietários inexperientes. É necessário um temperamento equilibrado e equilibrado, e esses cães precisam de muita socialização e treinamento. Muitos acham que a melhor maneira de treinar um cão de guarda é fazendo com que eles desconfiem de todos. Em vez disso, eles precisam aprender que o carteiro, convidados, amigos e vizinhos devem ser tolerados. Eles não devem agir de forma reativa quando convidados recebidos entram e saem de sua propriedade. É muito mais justo treiná-los quando não para proteger do que quando. A verdade é que bons cães de guarda não devem ser hipervigilantes.

O cão que sente que tudo é algo para ter medo e agressividade NÃO é um bom candidato a cão de guarda! Um cão de guarda é essencialmente uma arma carregada; se você não tiver o controle dessa arma, terá problemas.

- Pam Young

Existe uma linha muito tênue entre agir de forma protetora e prejudicar uma pessoa inocente. Como consultor de comportamento, testemunhei muitas histórias de cães de guarda que por acaso machucam uma criança que termina de alguma forma no quintal do tio Ben, que possui dois cães de guarda sérios. Se você está preocupado com ladrões, mas não quer que alguém se machuque em sua propriedade, é melhor jogar pelo seguro e investir em boas fechaduras e um serviço de alarme.

Treinar um cão de guarda não é algo que você deva fazer sozinho, nem algo que você deva perguntar a um treinador de cães comum. Você precisará de um treinador que tenha feito do treinamento de cães de guarda sua especialidade por muitos anos ou décadas.

Observação: Às vezes, os donos acreditam que seus cães têm grandes habilidades de guarda, mas o que acontece quando você sai de casa? O seu cão conseguirá imobilizar um ladrão? O ladrão conseguirá fazer amizade com ele com comida saborosa? Ou ele vai fugir e permitir que o ladrão tome posse de seus pertences? É melhor não descobrir, é claro, mas o vídeo abaixo é bem interessante de assistir.

© 2013 Adrienne Farricelli

Agnes em 27 de agosto de 2013:

Hub incrível. Eu acho que meu cachorro é ambos: muito protetor, mas também adora ser um cão de guarda.

The Examiner-1 em 27 de agosto de 2013:

Tenho um vizinho que tem dois filhotes ou pequenos "ganidos" (pernas de 4-5 ") e eles latem e perseguem qualquer um que passa por sua casa. Eles até correm algumas casas na rua atrás deles.

Shelley Watson em 27 de agosto de 2013:

Hub muito interessante, obrigado pelas informações úteis. Eu concordo com você que um cão de guarda deve ser treinado por alguém altamente experiente. Meu pastor alemão foi treinado profissionalmente e um melhor companheiro e cão de guarda que você não gostaria de encontrar. Up, interessante e útil.

Bob Bamberg em 27 de agosto de 2013:

Bom hub com muitas informações boas. Eu também pensei casualmente nos termos como intercambiáveis. A analogia da recepcionista / segurança traz isso nitidamente para o foco.

Gosto particularmente do seu conselho para não treinar o cão sozinho, mas para procurar um treinador certificado cuja especialidade são cães de segurança. Ao mesmo tempo, as pessoas devem entrar em contato com seu agente de seguros a respeito da apólice do proprietário. Votado, útil e interessante.

Adrienne Farricelli (autora) em 26 de agosto de 2013:

epbooks, não se preocupe! Eu também sou culpado disso!

Elizabeth Parker de Las Vegas, NV em 26 de agosto de 2013:

Grande centro. Provavelmente sou culpado de usar essa terminologia de forma intercambiável, quando faz todo o sentido a diferença entre as duas. Ótimas dicas também sobre como encontrar um treinador experiente, se alguém estiver procurando por um cão de guarda!


Este site é apoiado por nossa participação em programas de afiliados. Somos participantes do Programa de Associados da Amazon Services LLC, um programa de publicidade de afiliados desenvolvido para fornecer um meio de ganharmos taxas vinculando à Amazon.com e sites afiliados. Também participamos de programas do eBay, CJ.com e muito mais. Posto isto, as nossas opiniões são sempre nossas e não recomendamos produtos de que não gostamos.

Este site não constitui aconselhamento médico para animais de estimação. Consulte um veterinário licenciado em sua área para obter aconselhamento médico para animais de estimação.


Se você não está familiarizado com as complexidades das diferentes funções do cão, a diferença entre um cão de guarda e um cão de proteção pode não ser imediatamente clara. Afinal, o papel dos dois cães é guardar e proteger a casa, certo?

Não existem definições universais sobre o que constitui um cão de guarda. Embora suas funções sejam semelhantes, os cães de guarda e os cães de proteção cumprem seu papel de proteger a casa de maneiras consideravelmente diferentes. Embora os cães de guarda sejam semelhantes aos cães de guarda, existem diferenças suficientes para dividi-los em duas categorias.


Nossa lista dos 10 melhores cães de guarda

Quando se trata de selecionar o melhor cão de guarda, existem várias raças à sua escolha. Do forte Bullmastiff ao veloz Doberman Pinscher, as opções são inúmeras. Abaixo, criamos uma lista dos 10 melhores cães de guarda para a proteção de sua casa e de você.

Bullmastiff

Conhecido pela força física, instintos de proteção, coragem e extrema lealdade familiar, o Bullmastiff é uma das melhores raças de cães de guarda que existe. Se um intruso cruzar o local, um Bullmastiff normalmente usará sua força para derrubá-lo ou bloquear seu caminho. Quando se trata de estar em um ambiente familiar, no entanto, a raça é muito dócil e é um ótimo animal de estimação doméstico.

Doberman Pinscher

Se você tem uma grande propriedade que está tentando proteger, um Doberman pinscher é um ótimo cão de guarda para você. Esta raça é incrivelmente rápida e é capaz de atingir um intruso em um curto espaço de tempo. Conhecida como a quinta raça de cães mais inteligente do mundo, os dobermans são cães destemidos, alertas e leais. No entanto, porque precisam de muito exercício, são mais adequados para famílias com quintais grandes e estilos de vida ativos.

Rottweiler

Criados originalmente como cães protetores de gado, os rottweilers são conhecidos por serem protetores implacáveis ​​de sua matilha. Eles são uma raça inteligente e extremamente leal aos seus donos. Rottweilers são conhecidos por serem indiferentes com estranhos até que sejam devidamente apresentados a eles. Além disso, eles aprendem muito rápido, o que os torna um dos melhores cães de guarda para famílias.

Komondor

Tradicionalmente usado para proteger rebanhos de ovelhas, o Komondor possui uma habilidade natural de cão de guarda. Esta raça é ativa, corajosa, leal e conhecida por sua dignidade e força. Se devidamente socializada e treinada em obediência, esta raça torna-se um animal de estimação dedicado para a família.

Puli

Originalmente criados para pastoreio, os Pulis são extremamente inteligentes e são excelentes cães de guarda. Eles estão sempre em guarda e latirão para alertar seus proprietários sobre qualquer coisa fora do comum. Devido a sua alta inteligência, Pulis requer companhia constante. Eles são ótimos acréscimos às famílias com estilos de vida ativos, pois adoram caminhadas, corrida e atividades ao ar livre.

Schnauzer gigante

Schnauzers gigantes são cães fortes, poderosos e dominantes, o que os torna um dos melhores cães de guarda para lares e famílias. Eles são muito intimidantes para os estranhos, mas extremamente leais aos membros da família. Tenha em mente, entretanto, que esta raça requer muita estimulação mental e física, bem como atenção constante.

Pastor alemão

Devido a sua alta inteligência e rapidez no aprendizado de comandos, os Pastores Alemães são um dos melhores cães de proteção. Eles são ousados, confiantes e destemidos, o que os torna a raça favorita de cães policiais. Além disso, os pastores alemães têm um comportamento calmo quando estão em uma casa, mas reagem rapidamente quando sua família ou casa é ameaçada.

Rhodesian Ridgeback

Criada originalmente para caçar leões, esta raça de cão tem um forte impulso de caça e tende a ser independente por natureza. Os Rhodesian Ridgebacks são leais à família e são cães de guarda naturais. Eles são conhecidos por serem seletivos em seu latido, então quando um Ridgeback late, ele precisa ser levado a sério. Os Rhodesian Ridgebacks devem ser devidamente treinados e gerenciados, pois não são obedientes por natureza. Além disso, esta raça adora acariciar e muitas vezes gosta de agir como um cachorrinho de estimação.

Kuvasz

Kuvasz foi inicialmente criado para proteger o gado, mas, ao longo dos anos, tem sido cada vez mais considerado como guardião de casas. Esta raça é muito territorial e tem um forte instinto para proteger os membros da sua família. O Kuvasz tende a ser indiferente com estranhos, mas anseia pelo afeto de sua família. Além de desejar companhia constante, o Kuvasz é muito enérgico e por isso precisa de bastante exercício.

Staffordshire Terrier

Freqüentemente confundido com o pit bull terrier americano, o Staffordshire terrier é um dos melhores cães de guarda de proteção. Eles foram originalmente criados para ursos e touradas, portanto, eles têm uma natureza agressiva e protetora. Por isso, devem ser devidamente socializados e treinados desde cedo. E embora sejam intimidantes para estranhos, os Staffordshire Terriers são ótimos animais domésticos, pois são conhecidos por serem agressivos apenas quando protegem um membro da família.


Cão de guarda x cão de guarda: qual é a diferença?

Apenas para referência rápida, aqui estão alguns dos termos principais usados ​​para descrever cães envolvidos em diferentes tipos de trabalho de guarda ou proteção.

Observe que a raça não é o que distingue o rótulo aplicado ao cão - o regime de treinamento fornecido ao cão é o mais importante.

  • Os cães de guarda ficam de olho e latem quando estranhos se aproximam ou algo incomum acontece - será seu trabalho lidar com o problema. Muitos cães se comportam naturalmente dessa forma, então o treinamento avançado raramente é necessário para esses filhotes. E porque não se espera que eles fiquem físicos com uma ameaça percebida, eles não precisam ser grandes. Os chihuahuas, por exemplo, costumam ser ótimos cães de guarda.
  • Os cães de guarda também ficam atentos ao perigo, mas estão prontos para se submeter a ataques físicos e defender sua casa ou família de ameaças. Normalmente, isso significa que eles começarão latindo para a ameaça percebida, mas morderão se necessário. Os cães de guarda devem, portanto, receber treinamento específico para se destacarem em tais funções. Normalmente, espera-se que os cães de guarda protejam uma área confinada, como sua casa.
  • Os cães-sentinela são semelhantes aos cães de guarda, exceto que também são treinados para patrulhar uma determinada área, como um grande quintal ou propriedade. Por serem obrigados a trabalhar com menos orientação humana, esses cães devem ser muito confiantes, autossuficientes e inteligentes.
  • Os cães de proteção pessoal são como cães de guarda encarregados de proteger um alvo em movimento - normalmente uma pessoa ou família. Esses cães devem receber uma tonelada de treinamento especializado, pois eles precisam aprender a distinguir entre amigos e inimigos e trabalhar com segurança em situações de superlotação. A maioria dos cães que se destacam nesse papel tem um vínculo muito forte com seu povo.
  • Os cães de ataque são normalmente usados ​​apenas por policiais ou militares. Eles não são apenas treinados para executar todas as habilidades dos cães mencionados anteriormente, eles recebem treinamento adicional para liberar seu potencial como uma arma ofensiva também. Esses cães podem ser extremamente perigosos em mãos impróprias.

Embora a maioria dos cães possa fornecer serviços de proteção semelhantes aos de um cão de guarda que envolvem alertar você sobre intrusos, apenas alguns estão dispostos a fornecer níveis mais avançados de proteção que envolvem morder ou atacar um estranho.


Assista o vídeo: Jairo Teixeira Responde - As Características do Cão de Guarda e Proteção Ideal. EP. 05 (Outubro 2021).