Informação

Dermatite em Cachorros e Cães - Saiba como Cuidar


Dermatite em cachorro é um dos distúrbios mais comuns no mundo canino, além de um dos mais incômodos para os animais. Acometendo cerca de 70% dos cães com idade entre um e três anos, o problema só é menos comum, no mundo dos cachorros, que as alergias caninas causadas por picadas de pulgas.

Tendo algumas raças que podem ser consideradas mais predispostas à doença – incluindo nomes como Lhasa Apso, Shih Tzu, Shar Pei, West Highland White Terrier, Scoth Terrier, Pug, Dálmata, Boston Terrier, Boxer, Labrador, Schnauzer Miniatura, Golden Retriever, Pastor Belga, Bulldog Inglês e Fox Terrier - a dermatite em cachorro pode ser notada em alguns casos raros até antes dos seis meses de vida do animal.

Podendo vir de diferentes origens, a doença tem os fungos e bactérias como principais causadores, sendo que outros fatores como o estresse, distúrbios emocionais, umidade e genética também podem desencadear o problema. Doenças, como o hipertiroidismo canino, hiperadrenocorticismo, problemas de origem endócrina, também podem ser considerados fatores que facilitam o aparecimento de dermatites.

A umidade e a falta de ventilação em animais com pelagem comprida e vasta está entre os principais fatores para o aparecimento de dermatites, portanto, ter certeza de que seu pet foi devidamente seco e a escovação frequente no animal são atitudes importantes para garantir a prevenção da doença em cachorros.

Lambidas constantes do cão em uma determinada região do corpo também podem ser responsáveis pela dermatite canina, e ainda indicar um sintoma da doença, já que, além de causar a alergia, as lambidas são um sinal característico em animais portadores de alergias. As lambidas excessivas, inclusive, causam uma dermatite secundária a qualquer alteração de pele, que são as dermatites por lambedura. Além disso, fique atento; lambidas também podem ser sinal de sarna canina.

Leia Mais: Endocrinologista Veterinário - Entenda o trabalho desse profissional

Para tratar os animais com dermatite, o primeiro passo é identificar com clareza a origem do problema, pois, os fatores que desencadeiam o problema – sendo eles de origem bacteriana, genética ou emocional – devem ser os primeiros a serem combatidos.

Uma consulta do pet com um médico veterinário é de extrema importância para tratar o problema do animal, tendo em vista que somente um profissional pode determinar com propriedade as causas e o tratamento para a dermatite em cachorro. A aplicação de produtos anti-sépticos nos cães, como xampus terapêuticos, está entre os métodos de cura da dermatite nos animais, sendo que, em casos mais graves, até mesmo medicação oral antibiótica pode ser usada para erradicar o problema.


Video: Dermatite - Conheça os diferentes tipos de dermatites em cachorro (Outubro 2021).