Artigo

Pneumonia em cães: sintomas e tratamento


A pneumonia para cães geralmente pode ser tratada com eficácia e facilidade - desde que a doença seja reconhecida precocemente. É importante conhecer os sintomas para que você possa reagir rapidamente em caso de emergência. Você pode descobrir quais sinais os sinos de alarme devem tocar aqui. Quanto mais cedo a pneumonia for tratada pelo veterinário, melhor - Shutterstock / Ermolaev Alexander

Pneumonia é uma inflamação dos alvéolos ou tecido conjuntivo dos pulmões em cães e humanos. Os brônquios também podem ser afetados. Esse comprometimento do trato respiratório pode ter várias causas, como bactérias, vírus, parasitas e fungos, mas também pode ocorrer em conexão com outras doenças.

Sintomas de pneumonia

Os sintomas podem ser tão variados quanto as causas de pneumonia. Um cão que sofre de pneumonia é geralmente flácido, quase apático e apático. O animal geralmente sofre de febre alta e está constantemente cansado.

O principal sintoma, no entanto, é a tosse. Mesmo com uma tosse leve, você deve consultar um veterinário com seu amigo de quatro patas. O motivo: uma tosse seca, que inicialmente parece suspeita, rapidamente se transforma em um chiado molhado. Os sons de pulmão são adicionados mais tarde. Se o seu animal de estimação estiver com problemas de ar, a falta de oxigênio também dificultará para ele. Um sinal claro disso é uma coloração azul das membranas mucosas.

Riscos para o cão de pneumonia

Se o veterinário demorar muito, a doença pode causar sérios danos aos pulmões. À medida que a doença progride, o sistema imunológico enfraquece e o cão se torna mais suscetível a novas infecções. Se a inflamação é causada por um distúrbio circulatório, uma embolia, a doença pode até levar à morte se não for tratada.

Vitaminas para o cão: saúde e resistência

Um suprimento bem administrado de vitaminas é essencial para o metabolismo do seu cão. Vitaminas ...

Pneumonia em cães: baixo risco de infecção

Para outros cães, geralmente não há risco de infecção por um animal doente, mesmo que a pneumonia do cão tenha sido causada por bactérias ou vírus. Apenas animais enfraquecidos são mais suscetíveis à pneumonia. Estes incluem cães velhos, filhotes e amigos de quatro patas com doenças crônicas. Pneumonia geralmente não é transferível para humanos.

Pneumonia: tratamento clássico da homeopatia de cães doentes

Para o bem-estar do seu animal, é necessária uma ação rápida no caso de pneumonia. Primeiro de tudo, é importante ter a causa exata da doença determinada. É assim que o veterinário pode tratar a doença. Uma vez determinado, a pneumonia geralmente pode ser combatida com antibióticos. Depois de apenas alguns dias, os sintomas devem voltar significativamente.

Não pare o tratamento prematuramente, mesmo que seu cão pareça melhor. Caso contrário, pode ser que os patógenos se tornem imunes ao antibiótico e não possam mais ser facilmente controlados. Será então muito mais difícil tratar o seu cão. Como regra, você deve administrar antibióticos por uma semana a mais, depois que os sintomas desaparecerem, a fim de finalmente curar a pneumonia.

Pneumonia em cães: homeopatia e companhia apenas como complemento

Os cuidados veterinários também podem ser suportados com umidificadores de camomila e expectorantes de ervas para facilitar a respiração do animal. É melhor consultar o veterinário em que você confia. A homeopatia e os remédios à base de plantas podem aliviar os sintomas, mas não são uma opção para o tratamento bem-sucedido da pneumonia.