Curto

Animais de estimação em apartamentos de aluguel: proibição evitada por enquanto


Respire fundo com todos os inquilinos que possuem ou que desejam ter animais de estimação em breve: o Tribunal Federal de Justiça em Karlsruhe decidiu que uma proibição geral de cães e gatos em apartamentos alugados não é permitida.

image1

Só poderia haver uma decisão certa, mas o procedimento realmente absurdo para uma proibição geral de cães e gatos em apartamentos alugados era emocionante. O motivo das negociações no Tribunal Federal de Justiça em Karlsruhe foi um pequeno vira-lata em Gelsenkirchen. Um tribunal distrital decidiu proibir o animal de ser mantido em um apartamento alugado. O escândalo desse primeiro julgamento: o cachorro pertence a um garoto de dez anos que sofre de um distúrbio mental. A separação de seu amado amigo de quatro patas pode até ter consequências para a saúde. Portanto, a mãe corajosa ousou ir ao Tribunal de Justiça Federal.

Cão e gato são amigos para toda a vida

Raça mista deve ser tirada do menino

A nova negociação não foi apenas sobre esse caso individual, mas sobre uma decisão fundamental sobre se cães e gatos geralmente podem ser banidos pelo proprietário fazendo uma entrada no contrato de aluguel. Um absurdo absoluto por parte do proprietário, a propósito. Felizmente, essa proibição geral de cães e gatos não é permitida, como o Tribunal Federal de Justiça anunciou agora, uma vez que tal entrada no contrato coloca o inquilino em desvantagem. No entanto, a ineficácia da proibição geral está sujeita a restrições: sem nenhuma consideração pelos outros inquilinos ou senhorio, a criação de animais não é permitida e, em casos individuais, uma nova consideração deve ser feita.